Feeds:
Posts
Comentários

Caríssimos,

já estão disponíveis no blog do Colóquio de Moda, a lista dos GTs aprovados para a edição de 2011,

bem como o edital de chamada de trabalhos. Segue o link:

http://coloquiodemoda.blogspot.com

As inscrições para trabalhos serão abertas a partir da próxima semana e vão até o dia 30 de maio.

Abraços,
Maria Claudia Bonadio
Vice-Presidente do VII Colóquio de Moda

 

Desde 1992 quando lançou sua marca, Walter Rodrigues apostou nos vestidos de noite sofisticados e glamourosos.

 Com sua participação na primeira edição do evento Phytoervas fashion em  1994, suas criações viraram referência para os românticos modernos e tornou-se conhecido nacionalmente, dentro da safra de novos talentos da moda  lançados pelo evento.

 A explosão de seu trabalho foi conquistada com coleções conceituais e surpreendentes.

 A poesia que traz em suas criações é decorrente de várias paixões.

Entre elas  August Sander, fotografo predileto de Madeleine Vionnet, Balenciaga, Yohji Yamamoto e toda a cultura japonesa.

 Nos diversos paises que conhece, traz referencias de vestimentas peruanas,chinesas  ou de ciganos Kalderash, traduzidos em uma linguagem contemporânea junto a rendeiras do Piauí.

 Sempre esteve envolvido com as escolas de moda, compartilhando em cursos e palestras sua experiência profissional. Essas criações foram doadas a Modateca Senac, incentivando assim a formação de um  patrimônio dedicado a memória e a cultura da moda brasileira.

 Os vestidos dessa exposição foram criados nos anos 90 para desfiles   no Pyotoervas Fashion e Morumbi Fashion, por Walter Rodrigues, sem duvida, um artesão do luxo.

 Manon Salles e Roberto Carmo

Coordenadores da Exposição

http://www.youtube.com/watch?v=nGqXnwhRTm4

 

Para quem quiser debater sobre criações e processos criativos na moda, o  Senac  Lapa Faustolo estará promovendo gratuitamente uma entrevista/ bate papo, onde o estilista Alexandre Herchcovitch estara falando sobre o seu PROCESSO CRIATIVO, seja  de um peça ou de uma coleção de moda.

 No proximo dia 20 de outubro,quarta-feira, as 19 horas

Eu estarei mediando essa conversa e os temas propostos são bastante atuais. Se estiver em SP, não perca!!!!

www.sp.senac.br/lapafuastolo

 

Um grande luxo mesmo, Carlos Ferreirinha que me perdoe, é ser  convidada para um bate -papo informal com Gilles Lipovetsky, um pensador contemporâneo que faz importantes conexões entre  a moda , o consumo, as prioridades sociais,econômicas e uma análise tão atual de tantos movimentos que essa industria global nos propõe.

A convite do Senac, Lipovetsky estará palestrando no evento  de turismo Amfort  nessa sexta, dia 24 , mas hoje deu uma ” canja” para professores e coordenadores de Moda no Senac Campus Santo Amaro.

Pontos importantes foram colocados por ele como a função da moda na atualidade não ser mais definir uma distinção social e sim ser usada   em busca de uma aparencia sempre mais jovem. Segundo ele “Ninguem quer se vestir para parecer rico e sim para parecer jovem”. Portanto a dinâmica da moda não aparece mais como uma rivalidade de classes e sim adquire outra dimensão que é a da individualidade.

Para seu próximo livro ele quer desenvolver a relação do fenomeno estético e o mercado, pois acredita que a preocupação não deve ser somente com o estilo , mas com a industria da moda, ja que não se pode pensar na moda sem se pensar na marca e na lógica do marketing que esta muito forte.

Para ó próximo numero da Revista Iara www.iararevista.sp.senac.br , a professora Maria Claudia Bonnadio estará organizando um artigo sobre esse precioso encontro com o autor do clássico ” O Império do efêmero” ,leitura obrigatória  nas ultimas décadas.

Museu Paulista duplica vestuário do início do século XX (foto: Projeto Replicar – MP/USP)

O 6 Colóquio de Moda que terminou no dia 15 de Setembro  apresentando  novas questões relacionadas ao universo da Moda, que é um pouco a função desses eventos mais acadêmicos e reflexivos. Muitos temas, trabalhos e apresentações em um curto espaço de tempo, mas o que fica evidente e a necessidade da pesquisa, nas mais diversos campos da moda, inclusive para que se avance em práticas dentro da criação textil e em tantas outras areas. Com muitos   assuntos  e debates propostos para os tres dias ,temos que escolher algum deles em função sempre do tempo restrito . Acompanhando  a  Mesa 1, sobre acervos e museus, fica evidente, como colocou  Tereza Cristina Toledo, do Museu Paulista ,a necessidade de pesquisas e estudos sobre a historia da tinturaria, categorização das cores,repertório de tecidos e estampas, a historia do corte e da costura, como tambem a história dos ofícios e de suas técnicas aqui no Brasil para avançarmos na preservação e criação dos têxteis. Segundo a profa. Tereza,supervisora da área de conservação e restauro, o Museu  Paulista não preserva somente o objeto mas principalmente sua história. www.mp.usp.br

 

A  jornalista Gilda Chatagnier além de cultíssima faz parte da história da Moda no Brasil.Agora lança seu olhar sobre tudo isso que tem ocorrido nesse País tão interessante , que a partir de uma tradição de moda européia, soube se colocar nesse momento contemporâneo como um caledoscópio de novas possibilidades para a moda e para o design   ….As ilustrações do Antonio Pereira também são Imperdíveis,um artista que tambem faz parte dessa mesma história…

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.